Primeiras fotos do automóvel autônomo da Apple

comentar

Não é de hoje que a Apple demonstra ter interesse em veículos autônomos. A fabricante do iPhone busca novos produtos de sucesso e a tecnologia automóvel autônoma pode revolucionar a indústria automobilística tradicional.

Em abril, o departamento de veículos motorizados da Califórnia concedeu à Apple uma licença que permite testar o sistema de condução autônoma. E não é que já flagraram o carro circulando por aí?

As primeiras imagens mostram o Lexus RX 450h, mesmo modelo de carro do Google, rodando na região do Vale do Silício. Logo de cara, dá para ver diversos sensores equipados no veículo (incluindo um sistema Velodyne Lidar), dois radares e uma série de câmeras que auxiliam no processo de condução.

Além disso, os SUVs japoneses contam com volante e pedais Logitech que permitem operá-lo dispensando ligações físicas. Agora já é possível perceber um pouco melhor que tipo de hardware está sendo utilizado no exterior do veículo.

Segundo especialistas, grande parte dos equipamentos em questão são de companhias que já trabalham nessa tecnologia. Ao que tudo indica, a Apple ainda não desenvolveu seus próprios componentes para auxiliar na condução autônoma. A melhor das hipóteses é que a empresa foque no desenvolvimento de uma tecnologia autônoma compatível com veículos de outras montadoras.


Gostou desse post, vote:

1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...


Tags: , , , ,



Compartilhe: Compartilhe Primeiras fotos do automóvel autônomo da Apple no Delicious Compartilhe Primeiras fotos do automóvel autônomo da Apple no digg Compartilhe Primeiras fotos do automóvel autônomo da Apple no facebook Compartilhe Primeiras fotos do automóvel autônomo da Apple no Google BookMarks Compartilhe Primeiras fotos do automóvel autônomo da Apple no MySpace Compartilhe Primeiras fotos do automóvel autônomo da Apple no twitter Compartilhe Primeiras fotos do automóvel autônomo da Apple no Windows Live Compartilhe Primeiras fotos do automóvel autônomo da Apple no  UEBA  

Envie um comentário